CHAT, o serviço do Google que irá substituir o SMS atual

0

Chat é um novo serviço de mensagens da Google, que foi desenvolvido nos últimos anos para substituir o atual meio de troca de mensagens através das operadoras, o conhecido SMS. A tecnologia pretende ainda neste ano acabar com o envio de SMS nos celulares Android.

O Chat irá além de enviar mensagens de texto, também realizar o compartilhamento de vídeos, avisar se o outro usuário está escrevendo uma mensagem e também mostrar quando o texto foi lido. Boa parte das funcionalidades já acontecem no WhatsApp e em outros mensageiros, porém o serviço será nativo do sistema operacional e as mensagens hoje enviadas através de SMS pelas operadoras, serão enviadas através desta nova funcionalidade.

O serviço já foi lançado, porém diferente do iMessage nos aparelhos com sistema iOS, as mensagens não serão criptografadas, algo que é utilizado em outros mensageiros e também no serviço da Apple. A Google porém informa que o envio das mensagens através do Chat em vez do SMS, irá depender exclusivamente das operadoras de celular.

O SMS

Implantado na década de 1990, abrangendo todos os aparelhos celulares da época, o sistema que está a mais de 20 anos no mercado, permitia que mensagens de texto de até 160 caracteres fossem trocadas entre os celulares. O SMS depende exclusivamente de uma rede móvel para ser enviado, algo que não acontece mais nos dias atuais, onde os mensageiros são capazes de enviar textos, fotos, vídeos, documentos e outros arquivos através da rede móvel e da rede local.

O sistema já era bem obsoleto a tempos e com o sucesso do WhatsApp, Telegram e outros aplicativos, o seu uso era basicamente feito para informativos de órgãos como os Correios e mensagens das operadoras de telefonia.

Outras plataformas de mensagens

Apesar de parecer impossível concorrer com o WhatsApp, a Google já lançou diversas plataformas próprias para o envio de mensagens, das quais não deram muito certo. A última aposta antes do Chat era o aplicativo Allo, que apesar do grande alvoroço em seu lançamento, o projeto se encontra atualmente pausado, sem novos investimentos.

O Chat além do WhatsApp, terá pela frente outros rivais fortíssimos como é o caso da plataforma de mensagens do Facebook Messenger. o iMessage é também um forte concorrente e ambos possuem diversas funcionalidades, como chamadas multimídia, que o Chat a princípio não terá.

O diferencial do Chat é que a Google vem trabalhando em uma plataforma que será integrada e nativa do sistema Android, não sendo apenas mais um aplicativo de mensagens. Segundo a empresa é algo que vem para substituir realmente o SMS.

Com o Chat, as operadoras de celular, fabricantes, desenvolvedores de aplicativos e outros ramos da tecnologia móvel, poderão utilizar o sistema para criar mensagens compatíveis. A plataforma irá utilizar uma comunicação padrão chamada de RCS, Rich Communications Services, onde a troca tradicional de SMS deverá ganhar mais recursos como a troca de áudios, vídeos, documentos, etc.

Operadoras de Telefonia Móvel

As empresas de telefonia móvel, que fazem parte da associação GSMA, na qual foi criada para o desenvolvimento e implementação da tecnologia GMS, antecessor do atual 3G e 4G, vem a tempos trabalhando no desenvolvimento de um serviço para substituir o atual SMS, com o serviço de RCS. Segundo o diretor de produtos da Google, Anil Sabharwal, o RCS continua sendo um serviço de propriedade das operadoras, o que significa que as mensagens, que não contam com criptografias, possam ser perante a lei analisadas e interceptadas.

A plataforma Chat, está sendo desenvolvida pela Google em parceria com a Vodafone, Samsung, Huawei, LG, T-Mobile e mais de 50 outras empresas e redes de telefonia móvel. A intenção é realmente revolucionar a tecnologia e o mercado atual.

Primeiros passos

O serviço do Chat será disponibilizado inicialmente para a troca de mensagens entre os usuários do sistema Android. Caso o destinatário não tenha um aparelho com Android, ele irá receber apenas a mensagem de texto (caso contenha imagens ou outro arquivo) através do sistema de SMS

O sistema da Google para a comunicação RCS depende das redes móveis e também dos fabricantes para que opere em 100% de sua funcionalidade. Como as mensagens serão enviadas pela internet, a cota atual não será esgotada, porém o padrão de cobrança será definido pelas operadoras. Elas poderão ou não cobrar para que os clientes possam utilizar o Chat para a troca de mensagens.

A empresa americana Sprint já está utilizando as primeiras versões do Chat em seus aparelhos. Já a Samsung citou que vai integrar o RCS dentro do seu próprio software. Outras empresas ainda não se manifestaram sobre o assunto.

O prazo estipulado para que todos os aparelhos com Android estejam com a tecnologia implementada é de 2 anos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.