Novo governo pode eliminar Ministério do Trabalho

0

O futuro coordenador da transição e futuro chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni, afirmou nesta segunda-feira (03/12) que o Ministério do Trabalho  pode não existir a partir do próximo governo de Bolsonaro.

Onyx informou que o Ministério do Trabalho será extinto e terá suas funções distribuídas em três pastas.

Ao ser questionado se a pasta deixará de existir, ele confirmou a informação e explicou que as “funções” do Trabalho serão divididas entre três ministérios: Justiça, Cidadania e Economia.

“O atual Ministério do Trabalho, como é conhecido, ele ficará uma parte no ministério do doutor Moro [Justiça], outra parte com Osmar Terra [Cidadania] e outra parte com Paulo Guedes [Economia]”, disse.

O governo Bolsonaro não terá distribuição de cargos a partidos, disse o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

“O Trabalho vai continuar com status de ministério. Não vai ser secretaria, não. É igual o Ministério da Indústria e Comércio, é tudo junto, está certo? O que vale é o status”,

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.