Enem 2018: Entenda como é feito o cálculo da média

Média simples e média por peso são calculadas a partir do resultado do estudante

0

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) se aproximam e, logo após a realização das mesmas, os estudantes buscam conferir o gabarito e analisar as possibilidades de acesso à universidade a partir da nota obtida.

Como a abertura do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) leva algum tempo, saber calcular ao menos a média simples pode reduzir a ansiedade de quem busca uma vaga nas instituições federais. Os interessados nas universidades particulares também podem optar pelo Programa Universidade para Todos (Prouni) e pelo Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) para obterem bolsas e financiamentos do curso desejado.

Média simples e média por peso

O candidato pode tirar a média simples de forma fácil e rápida. São cinco áreas abordadas no Exame: Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias e Redação. Para realizar o cálculo, basta somar os resultados dessas áreas e dividir por 5, o que dará o resultado da média simples.

Já a média por peso requer mais elementos para o cálculo. Cada instituição de ensino, assim como cada curso, pode conferir um peso maior a diferentes áreas abordadas no Enem. Por exemplo, os cursos da área de Ciências Humanas tendem a valorizar mais as provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, bem como a Redação. Mas isso não é uma regra: cada universidade determina o peso dado às áreas de acordo com critérios específicos, geralmente disponibilizados em documentos públicos.

Uma boa dica para os candidatos é realizar uma busca pelos cursos e instituições de ensino que desejam cursar para conferir quais áreas tendem a ser mais valorizadas. Por exemplo, uma universidade pode dar peso 3 à Redação, o que valoriza o desempenho nessa parte de forma significativa em comparação a outras instituições onde o peso atribuído é 2. Nesse exemplo, basta o candidato multiplicar a própria nota pelo peso atribuído.

Para finalizar o cálculo, soma-se todas as notas (multiplicadas pelos devidos pesos) e se faz a divisão por 10. No entanto, há diversas calculadoras online que possibilitam calcular a média por peso de forma simples e rápida.

No Sistema Unificado de Seleção, a depender da instituição, podem ser usadas médias simples e por peso para a definição das vagas. Já no caso do Fies e do Prouni, o peso costuma ser 1 para todas as áreas de conhecimento e o critério principal é fazer mais de 450 pontos, sem zerar a Redação. A partir da média final, são calculadas as porcentagens de bolsas e financiamentos.

Sobre as provas do Enem

As provas do Enem serão realizadas nos dias 4 e 11 de novembro, dois domingos consecutivos. Os candidatos devem chegar com uma hora de antecedência em relação ao fechamento dos portões, e este ano a atenção deve ser redobrada. No dia 4/11, vários municípios vão entrar no horário de verão, fazendo com que o exame seja aplicado em diversos horários diferentes. Confira aqui como será a situação em seu município.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.