Enem: Estudante de escola pública terá gratuidade automática

0

Uma boa notícia para os milhões de estudantes que prestam o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Agora, aqueles que estão na 3ª série do ensino médio, em escola pública, não precisam mais do pedido de isenção: a gratuidade é automática.

Com as mudanças adotadas neste ano, o Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) tomaram a decisão extraordinária. Na última segunda-feira (07/05), vários candidatos relataram problemas na hora da inscrição. Eles reclamaram, por meio das redes sociais, que não conseguiam gerar a Guia de Recolhimento da União (GRU), necessária para o pagamento da taxa.

Segundo o portal Brasil Escola, o Inep informou que o erro poderia estar associado ao mau funcionamento do navegador de internet. Entretanto, pouco depois, o Instituto confirmou o problema no sistema, que teria sido resolvido no mesmo dia. Posteriormente, foi informado que os estudantes de escolas públicas não teriam mais a necessidade de pagar a GRU no momento da inscrição. Mesmo aqueles que não fizeram o pedido em abril podem se inscrever normalmente.

Como checar se a inscrição foi efetuada

Para ter certeza de que o estudante confirmou a participação no Enem, é preciso verificar a mensagem que aparece na tela. Aqueles com pedido de isenção aprovado, que estão 3ª série do ensino médio de escolas públicas ou já pagaram a GRU, vão visualizar a seguinte mensagem, em verde: “Inscrição concluída com sucesso”. Para todos os outros, que tiveram o pedido de isenção negado ou não têm esse direito, a mensagem na tela será “Inscrição aguardando o pagamento da GRU”, em vermelho.

A taxa do Enem é de R$82 e precisa ser paga até o dia 23 de maio, mas o candidato deve realizar a inscrição até o dia 18 de maio, às 23h59. Efetuando o pagamento, o estudante precisa aguardar de dois a cinco dias úteis para ter a confirmação. Por isso, o Inep recomenda ficar de olho na página do candidato.

  • Estudantes isentos de taxa:

–  Participante com solicitação de isenção da taxa de inscrição aprovada

– Concluinte do Ensino Médio, em 2018, em escola da rede pública, ou que se ausentou em 2017 e teve justificativa de ausência reprovada

– Concluinte do Ensino Médio, em 2018, em escola da rede pública, que não solicitou isenção

  • Estudantes que devem pagar a taxa:

– Participante com solicitação de isenção da taxa de inscrição reprovada

– Demais participantes / primeiro acesso ao sistema

Fonte: Inep

Atendimento especial

Os candidatos que precisarem de atendimento especial durante a realização do Exame precisam fazer o pedido também no momento da inscrição.

Pessoas com problemas auditivos, baixa visão, dislexia, entre outro déficits, podem contar com o apoio na hora da prova. É possível, inclusive, fazer o exame na língua de sinais ou em braile. Nesses casos, é necessário incluir  documentos que comprovem a condição, como o diagnóstico com código de Classificação Internacional de Doença (CID 10), além de assinatura e registro do médico responsável ou órgão competente.

De acordo com o portal do Inep, 2.697.519 estudantes já estavam inscritos até às 10h da última quinta-feira (10/05) – apenas 72 horas após a abertura do sistema.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.