Em protesto contra a alta do diesel caminhoneiros param rodovias pelo país

0

Semana passada a Petrobras decidiu realizar mais um aumento no preço dos combustíveis, chegando ao quinto reajuste consecutivo e isto causou revolta entre os caminhoneiros. Pelas rodovias do país diversos caminhões estão impedindo o tráfego normal, por conta dos protestos realizados já na manhã desta segunda feira, dia 21 de maio.

O último aumento ocorreu na sexta feira, dia 18 de maio, quando o preço da gasolina foi elevado em 1,34%, assim como o preço do diesel que subiu 0,80% nas refinarias. A explicação para os reajustes é por conta da disparada do dólar e do preço internacional do petróleo.

Segundo a própria Petrobras o reajuste pode ou não atingir o consumidor final, dependendo exclusivamente das ações dos postos de combustíveis, mas provavelmente os valores serão sentidos nas bombas já nesta segunda feira. A ANP, Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis, o valor do diesel nas bombas já está acumulando uma alta de 8% em todo o ano de 2018.

Protestos dos caminhoneiros nas estradas do Brasil

Até as 9h desta manhã de segunda, ao menos 10 estados estão com rodovias fechadas em protesto. Entre eles estão os estados do Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Ceará, Espírito Santo e o estado da Bahia.

No Paraná a BR que está interditada é a BR-116 na região de Quatro Barras, muito próximo da capital Curitiba. O trecho interditado nesta BR é no KM 67. É preciso que os motoristas fiquem atentos ao passarem por estes locais. A BR-277 está com uma faixa bloqueada no KM 6 sentido Paranaguá. Já no interior do estado, caminhoneiros realizam protestos na PR-090, próximo a Assaí.

No Rio Grande do Sul os caminhoneiros estão bloqueando as passagens na ERS-122 próximo ao KM 16, região de São Sebastião do Caí. A ERS-020 também conta com manifestantes bloqueando o tráfego e impedindo a passagem de motoristas com a queima de pneus na rodovia. A BR-290 na cidade de Gravataí também conta com um pequeno bloqueio, próximo a fábrica da GM. Um outro trecho em Três Cachoeiras, na BR-101 bem na divisa com o estado de Santa Catarina, diversos caminhoneiros param outros, para que as manifestações tomem uma boa proporção.

Já no estado de São Paulo a rodovia que segue interditada é a Marginal Pinheiros, na capital. Caminhoneiros estão parando o trânsito na altura da Ponte Estaiada próximo a Castelo Branco. Eles ocuparam todas as faixas da Marginal. Outro protesto também ocorre na Avenida Jacu Pêssego e na Av. Escola Politécnica, se estendendo por diversos pontos, principalmente na capital.

No Rio de Janeiro os protestos estão sendo realizados na Rodovia Niterói Manilha e no Campos dos Goytacazes. Os protestos ocorrem em sua grande maioria nos acostamentos da pista. Parte da Via Dutra também segue bloqueada, assim como a Rodovia Washington Luís em Duque de Caxias. Outros pontos de protesto foram identificados no KM 274 em Barra Mansa, na BR 393 em Lúcio Meira e no KM 103, que chegou a ser totalmente parado. Em diversos pontos do KM 160, KM 101 e KM2 da Dutra a passagem só é permitida para carros e motos.

Em Goiás diversos caminhoneiros pararam empresas de distribuição de combustíveis nas cidades de Senador Canedo e também na capital, Goiânia. Além dos protestos contra o aumento do valor do diesel, a categoria também reivindica a criação de um piso para o frete pago pelas empresas que optam pelo transporte rodoviário.

No estado de Minas Gerais o KM 513 da Rodovia Fernão Dias no sentido São Paulo foi fechada por caminhoneiros. Na região metropolitana outros pontos de Igarapé, Ribeirão Neves (KM 511 da BR-040) e Juatuba (KM 368 da BR-262), também foram fechadas em protesto nesta manhã. Pontos da Região Zona da Mata em Barbacena (KM 699, Matias Barbosa (KM 808), Oliveira (KM 617) e Ipatinga (BR-381), contam com parte do fluxo bloqueado por conta dos manifestantes.

Na Paraíba os protestos ocorrem na BR-104 em Campina Grande, sentido Grande Queimadas, na Alça Sudoeste. A liberação de passagem está sendo feita apenas para carros e motos.

No Ceará os protestos ocorrem na Avenida Quarto Anel Viário na BR-020, o trecho é entre a cidade de Maracanaú e a capital Fortaleza. Pneus foram queimados na pista e diversos veículos estão sendo parados no acostamento, causando quase 10 quilômetros de congestionamentos.

A BR 101 no estado do Espírito Santo ficou fechada nesta manhã na região de Viana. Ao que se sabe até agora, os caminhoneiros chegaram a um acordo com a Polícia Rodoviária Federal, onde a passagem de diversos veículos principalmente carros e motos foi liberado. O trânsito flui com lentidão mas ainda é possível trafegar.

No estado da Bahia os caminhoneiros protestam nas cidades de Itatim, Vitória da Conquistas e Amélia Rodrigues, onde a BR 324 está sendo bloqueada. Os congestionamentos chegam a mais de 10 quilômetros nesta manhã. Pontos da BR 116 (KM 814) no sudoeste da Bahia, assim como o KM 521 estão com manifestantes bloqueando as pistas nos dois sentidos.

Novos aumentos

Os protestos seguem intensos pelo país, e ao que tudo indica esta semana haverá novos aumentos por parte da Petrobras nas refinarias. Isso por conta da alta do barril do petróleo no mercado internacional e o grande aumento do dólar nos últimos dias, sentido principalmente na Argentina.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.