Detran autoriza motoristas profissionais zerarem pontos da CNH

Condutores devem ter acumulado de 14 a 19 pontos

0

Motoristas profissionais que exercem atividade remunerada nas categorias C, D e E e tiverem entre 14 e 19 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) poderão fazer um curso de reciclagem preventiva no Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo para zerar a pontuação. O anúncio foi feito pelo próprio órgão nesta quarta-feira (16).

Para todos os motoristas que se enquadrarem nos critérios estabelecidos pelo Detran-SP, o curso será opcional e, de acordo com o Contran (Conselho Nacional de Trânsito), poderá ser feito pelo condutor que tenha a inscrição “exerce atividade remunerada” no verso da CNH, segundo o órgão estadual.

Além disso, o motorista precisa ser habilitado, de forma exclusiva, nas categorias C (destinada a veículos de carga, como caminhões), D (para veículos de transporte de passageiros, como ônibus e vans) ou E (como no caso de veículo conjugado, como carreta com reboque ou trailer. É imprescindível, ainda, para o curso que o interessado já tenha atingido entre 14 e 19 pontos, de acordo com o Detran-SP.

Apesar da oferta de curso de reciclagem para motoristas zerarem a pontuação da CNH, é preciso que tenham bastante cautela, já que, conforme informou o Detran-SP, será possível fazer o curso apenas uma vez a cada 12 meses.

O Detran-SP destacou, em seu comunicado, que o curso de reciclagem dá ao motorista profissional a oportunidade de reciclar a aprendizagem e ter retirada de seu prontuário a pontuação acumulada na CNH por infrações cometidas no trânsito. Na prática, a CNH será suspensa somente se o motorista conseguir somar outros 20 pontos nos 12 meses seguintes.

Os interessados em solicitar a reciclagem preventiva devem ir até a uma unidade do Detran-SP e comprovar os requisitos estabelecidos, pelo órgão, para a matrícula no curso. Em seguida, o motorista receberá uma autorização a ser entregue em uma autoescola, onde o curso deverá ser contratado.

Depois da emissão da permissão, o condutor terá 15 dias para iniciar o curso e, a partir daí, será contado um prazo de 40 dias para terminá-lo. Após a conclusão, o condutor deverá fazer uma prova de 30 questões e acertar pelo menos 70% para ser aprovado.

O curso já é o mesmo ofertado aos condutores infratores que têm a CNH suspensa e que é oferecido pelas autoescolas no estado.

A reciclagem preventiva permite que o motorista profissional reavalie a sua conduta no trânsito quando ele estiver com risco de ter a CNH suspensa, o que o impediria de trabalhar. Isso porque o motorista passa muitas horas ao volante.

Ainda de acordo com o Detran-SP, o curso é uma chance para que o motorista profissional com muitos pontos acumulados reaprenda e repense suas atitudes, pois todos devem respeitar as normas de trânsito, colaborar para a segurança viária e, sobretudo, preservar vidas. As informações foram confirmadas pelo diretor-presidente do Detran-SP, Maxwell Vieira.

Com a proposta de reciclagem para zerar a pontuação da carteira, a maior aposta é de que o trânsito se torne melhor já que os condutores estarão mais conscientes de suas atitudes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.