São Paulo (SP) terá pós-graduação em Tecnologia Cervejeira em setembro

Estado terminou 2018 com 165 cervejarias. Profissionalização para o segmento chega à região através da Escola Superior de Cerveja e Malte, única instituição de ensino superior da América Latina especializada na bebida

0

O estado de São Paulo está em destaque quando o assunto é cerveja artesanal. Em 2018, de acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), houve um crescimento de 33,1% no número de fábricas da bebida na região, que atualmente conta com 165 indústrias. A profissionalização é outro passo importante para a consolidação do setor. E a partir de 7 de junho, em São Paulo (SP), será possível participar da única especialização em nível superior voltada exclusivamente para a área de produção de cerveja do país. A Escola Superior de Cerveja e Malte (ESCM) realiza na cidade o curso de pós-graduação em tecnologia cervejeira.

As inscrições ainda estão disponíveis pelo site www.cervejaemalte.com.br e o único pré-requisito é formação em curso de ensino superior. São 18 meses de aulas, com encontros quinzenais. Em São Paulo, o curso será realizado em parceria com a Universidade São Judas. Com a certificação, os alunos que já possuem registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA), poderão solicitar extensão de responsabilidade técnica para serem responsáveis por fábricas da bebida.

Carlo Bressiani, diretor da ESCM, diz que a pós-graduação é uma oportunidade tanto para quem já atua no setor e quer aprofundar os seus conhecimentos e assumir a responsabilidade técnica de uma fábrica quanto para aqueles que veem chances de crescimento dentro do segmento. “Só no ano passado foram 210 novas cervejarias no Brasil. Temos, atualmente, 889 fábricas em atividade e esse número deve crescer ainda mais por alguns anos. Isso abre possibilidades para que, os profissionais que buscaram capacitação, se reposicionem e possam dar um direcionamento de ascensão para as suas carreiras”, comenta.

A pós-graduação tem três módulos práticos – ingredientes, processo produtivo e equipamentos e controle de qualidade – e um de encerramento, com o trabalho de conclusão do curso.

Sobre a Escola Superior de Cerveja e Malte

Com mais de 7 mil alunos formados em cinco anos de atuação, a Escola Superior de Cerveja e Malte é a primeira e única instituição de ensino superior especializada na bebida da América Latina. É parceira da alemã Doemens Academy, uma das mais respeitas entidades do mundo.

São cerca de 90 cursos diferentes, em mais de 200 turmas já realizadas. Na sede, em Blumenau (SC), além das salas de aula estão disponíveis 12 laboratórios voltados para o ensino de cerveja. Parcerias com cervejarias da região garantem visitas técnicas e relacionamento com o mercado durante os cursos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.