Guarani 1×0 Juventude: Gol, Melhores Momentos E Detalhes Do Jogo

Bugre vence depois de quatro rodadas; jejum dos gaúchos já é de dez jogos sem vitória

Foto: twitter Globoesporte
0

O Guarani teve as primeiras melhores chances da partida. Em menos de um minuto, Bruno Mendes cabeceou à esquerda do gol de Matheus Cavichioli. Aos 10′, Jefferson Nem, após cobrança de falta ensaiada pela direita, apareceu bem na área e finalizou para boa defesa do goleiro do Juventude.

A resposta dos visitantes chegou ‘sem querer’. Aos 14′, o lateral-direito Felipe Mattioni, foi tentar cruzar, mas a bola foi direto para o gol. Agenor defendeu, mas sem antes assustar a defesa bugrina. Houve pedidos de gol, mas o juiz mandou a partida seguir.

Em contra-ataque, Rafael Longuine recebeu passe na meia-lua e bateu fraco para fora, aos 24′. A melhor chance da primeira etapa veio aos 32′, com Bruno Mendes, que cabeceou com perigo após cruzamento de Rafael Longuine. Fim dos primeiros 45′, sem emoção e com algumas vaias da torcida do Bugre.

E foi o camisa nove que teve a primeira boa chance no segundo tempo. Aos 2′, ele ficou na cara do gol depois de receber bom passe de Matheus Oliveira e dividiu com o goleiro Matheus. A bola bateu no peito do arqueiro do Juventude e foi para escanteio.

Os gaúchos ameaçaram aos 9′. Após escanteio, o zagueiro Wágner subiu sozinho, mas mando de cabeça no meio do gol para defesa tranquila de Agenor. Esquerdinha, lateral-esquerdo que entrou para atuar no meio no time do Juventude, arriscou de fora aos 14′ e o goleiro bugrino caiu para espalmar.

Em uma linda enfiada de bola de Kevin, Rafael Longuine saiu na cara do gol, mas mandou para fora uma excelente oportunidade de abrir o placar aos 22′. Dez minutos depois, Bruno Mendes acertou a trave na oportunidade mais perigosa do duelo. Ele era o jogador mais perigoso e teve sua recompensa dois minutos depois.

Esquerdinha derrubou Bruno Xavier dentro da área, pênalti para o Bugre. Bruno Mendes bateu e marcou. Foi o seu quinto gol na Série B.  Fim de jogo. 1 a 0 e vitória depois de quatro rodadas (três empates e uma derrota). O Guarani, que agora chega a 41 pontos na tabela e é o sétimo, não perde para o Juventude atuando no Brinco de Ouro desde 2000 (Copa João Havelange). De lá pra cá, foram cinco vitórias e dois empates.

O Juventude, 18º com 28 pontos, soma dez partidas sem somar os três pontos – quatro empates e seis derrotas, sendo três reveses seguidos. A última vitória foi no dia 24 de julho, 1 a 0 na Ponte Preta.

📋 Ficha técnica:

Local: Estádio de Brinco de Ouro, em Campinas-SP
Data: 13 de setembro, quinta-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Cipriano da Silva Sousa (TO)
Público: 2.851 pagantes
Renda: R$ 34.568,00

⚽ Gols: Bruno Mendes (80′)
Cartões amarelos: Bruno Mendes (Guarani); Rodrigo, Wágner e Lucas (Juventude)

Guarani: Agenor; Kevin (Felipe Rodrigues 87′), Philipe Maia, Fabrício e Pará; Willian Oliveira, Ricardinho; Jefferson Nem (Padova 69′) e Rafael Longuine, Matheus Oliveira (Bruno Xavier 57′) e Bruno Mendes. Técnico: Umberto Louzer

Juventude: Matheus Cavichioli, Mattioni, Micael, Wágner e Neuton; Rodrigo (Diones 75′), Lucas (Amaral 75′), Caio Rangel (Esquerdinha 56′), Leandro Lima e Rafinha; Guilherme Queiróz. Técnico: Luiz Carlos Winck

Assista abaixo aos melhores momentos da partida:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.