Daniel Alves revela papo que teve com Neymar

Lateral-direito conversou sobre o jovem ser maduro após a Copa do Mundo

Foto: REUTERS/Francois Lenois
0

“Deixar de ser moleque para ser homem.” Essa foi uma das coisas que Daniel Alves teria aconselhado Neymar em papo que ambos tiveram e que foi revelado pelo lateral-direito. A entrevista foi concedida em meio a apresentação dos novos uniformes do PSG para a temporada.

– Algumas coisas acontecem na sua vida para você criar maturidade, essa consciência do que você tem que melhorar como pessoa, como profissional. Quando as coisas não estão perfeitas é quando você tem que dar um passo à frente, melhorar e se reinventar. Eu conversei bastante com o Neymar sobre esse aspecto. Acredito que ele está consciente e mais experiente.

O camisa 10 da Seleção Brasileira foi muito criticado pelo seu comportamento na Copa do Mundo – cavando faltas e exagerando nas quedas após infrações cometidas pelos adversários.

– Quando começa a ser homem, suas decisões e atitudes são mais ponderadas e fortes. Não tenho dúvida que isso vai acontecer. Sempre falo que, se um fala, dois falam, pode ser perseguição. Se um monte fala, alguma coisa errada estou fazendo. É hora de se reinventar e polir, melhorar. As porradinhas dadas nele criaram uma maturidade e vai se ver uma mudança de comportamento. Tipo assim, você deixa de ser moleque para ser homem. Todos nós temos falhas, mas ficar na falha é uma opção, disse Daniel Alves, que já voltou aos treinos do PSG após se recuperar de lesão no joelho.

Por falar em Mundial, o jogador também opinou sobre a participação do Brasil na competição – foi eliminado nas quartas para a Bélgica, derrota por 2 a 1.

– Foi surpreendente o desempenho da Seleção, porque as coisas estavam bem encaminhadas. A gente estava fazendo um trabalho incrível prévio à Copa do Mundo. Na minha visão de fora, senti um pouco de medo de falhar, quando estive lá.

Daniel Alves não disputou a Copa do Mundo por ter lesionado o joelho direito (lesão no ligamento). Ele havia sido convocado, mas teve que ser cortado um mês antes do início da competição. Para o seu lugar, Fagner foi chamado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.