Concurso: Corpo de bombeiros de MG abre 500 vagas

Selecionados farão Curso de Formação de Soldados Praças ou Especialistas

0

Mais uma oportunidade para quem deseja ingressar na carreira pública em Minas Gerais: o Corpo de Bombeiros do Estado vai selecionar 500 novos profissionais para integrarem o Curso de Formação de Soldados Praça (QP-BM) e o Curso de Formação de Soldados Especialistas (CFSd Esp-BM).

Quando ingressarem nos cursos específicos, segundo edital, os candidatos aprovados – denominados Soldados de 2ª Classe – vão receber salário de R$ 3.506,40. Ao término do curso, os aprovados passam para a 1ª classe, recebendo R$ 4.098,42. Além desse valor, estão inclusos benefícios como auxílio médico, odontológico, psicológico e abono fardamento.

A maior parte das vagas se destina aos praças: 465 a soldados combatentes e, desse total, 418 para o sexo masculino e 47 para o sexo feminino. Para concorrer, os candidatos precisam estar na faixa-etária entre 18 e 30 anos, além de terem concluído o Ensino Médio. Há também uma altura mínima exigida para ingresso no Corpo de Bombeiros, de 1.60m.

Para a categoria de Especialista há 35 vagas a serem preenchidas nas áreas de Motomecanização (10 vagas), Saúde (20 vagas), Comunicações (5 vagas). Nesse caso, há necessidade de especialização para cada posto. Confira as vagas disponíveis em cada uma das áreas:

Motomecanização

  • Mecânica leve
  • Mecânica de motor a diesel
  • Eletricista de Autos

Saúde

  • Técnico em enfermagem
  • Técnico em Saúde Bucal

Comunicações

  • Técnico em informática/ Rede de Computadores
  • Técnico em Telecomunicações

Sobre a inscrição e as provas

Os interessados a ingressar no Corpo de Bombeiros de MG devem fazer a inscrição a partir desta segunda-feira, 1º de outubro, até o dia 27 de novembro, às 19h. Para isso, basta acessar o site www.gestaodeconcursos.com.br e realizar o pagamento da taxa de R$81,96. O candidato pode solicitar isenção até o dia 3 de outubro, se estiver desempregado, utilizando o requerimento para pedido de isenção disponível no mesmo endereço. Também podem solicitar isenção aqueles em condições de hipossuficiência econômica-financeira.

O concurso será composto por 4 fases, com início na prova objetiva e de redação, que têm caráter classificatório e eliminatório.O exame trará 50 questões de múltipla escolha acerca de temas do Ensino Médio, com tempo máximo de 4 horas e 30 minutos. Os conteúdos contemplam Língua Portuguesa, Matemática, Geografia, História, Direitos Humanos, Química, Biologia e Física.

No caso da redação, os candidatos devem redigir um texto de acordo com algum tema contemporâneo solicitado, a partir de onde serão avaliados critérios como pertinência ao tema proposto, argumentação, vocabulário, acentuação, entre outros detalhes.

Na segunda fase, os candidatos passam por Exames Médicos Preliminares e Complementares e Teste Psicológico, ambos eliminatórios, e pela Prova teórico/Prática, classificatória e eliminatória. Essa segunda prova será composta por 10 questões de múltipla escolha, com 4 alternativas e conteúdo pautado em cada área de atuação.

Na terceira etapa, o Teste de Capacitação Física (TCF) é classificatório e eliminatório e a avaliação das Habilidades Natatórias tem caráter eliminatório. Por fim, o Exame Toxicológico será feito na última etapa eliminatória.

Calendário

Os candidatos devem ficar atentos a cada uma das fases, seguindo o calendário previsto em edital. As datas das etapas seguintes do processo ainda não foram divulgadas.

  • 1º/10 a 27/11 – Período de inscrições
  • 1º/10 a 03/10 – Pedidos de isenção de taxa
  • 11/12 – Publicação das inscrições deferidas
  • 20/01/19 – Prova objetiva

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.