Por que a troca de casais é cada vez mais popular no Brasil

0

Quando o assunto é sexo, as pessoas estão sempre procurando por maiores, melhores e novas sensações. Desejos e fantasias existem de todos os tipos. Uma das mais comuns e que tem se popularizado cada vez mais é a troca de casais.

Que todo casal volta e meia está procurando nessas formas de apimentar a relação não é novidade. E nem mesmo a troca de casais é algo novo. Contudo, a crescente popularidade dos relacionamentos abertos e afins mostra o quanto as pessoas tem apreciado aventuras diferentes.

Contudo, essa é uma prática que, assim como várias outras, não combina com tudo mundo. Explicaremos por que a troca de casais se tornou popular e como praticá-la sem estragar o relacionamento.

Por qual razão a troca de casais se popularizou?

A popularização da troca de casais começou devido a uma maior “propaganda” e “jogada de marketing” a favor dessa prática. Há algum tempo atrás ela começou a ter uma divulgação bem expressiva e ostensiva.

Em outras palavras, ela começou a ser mais largamente promovida. Não se sabe ao certo como essa onda começou. Estima-se que ela teve seu início entre pessoas de maior poder aquisitivo e depois foi se estendendo para as demais categorias sociais.

A grande explosão de popularidade teve sua semente lá na década de 60, com o movimento hippie e a ideia de amor livre. A partir disso, essa prática se tornou mais frequente.

Como praticar o swing sem prejudicar a relação?

Vamos dar abaixo algumas dicas para quem deseja praticar o swing (outra denominação para a prática de troca de casais) sem prejudicar a relação:

  • Certifique-se de que os dois querem a mesma coisa

A troca de casais é bem diferente e ousada e uma grande quebra, ainda que momentânea, na dinâmica do casal. Sendo assim, tenha certeza de que vocês dois realmente querem fazer isso. Se não houver segurança nisso, alguém pode ficar magoado depois.

  • Defina as regras antes da brincadeira começar

Uma vez que vocês estão certos de que realmente querem isso, é fundamental que estabeleçam as regras e limites, ou seja, o que, como e quando pode ser feito, para não haver brigas, cobranças e desentendimentos posteriormente. Uma vez que isso estiver certo, respeite as regras.

  • Selecione um casal com quem role afinidade e sintonia

É claro que em uma situação dessa a aparência física pode contar pontos, mas mais importante do que isso é se vocês têm uma boa sintonia, se se entrosaram e há afinidades, enfim, se o casal escolhido funciona bem para vocês.

  • Jamais se esqueça do parceiro(a)

É fundamental você deixar bem claro de alguma forma para o seu parceiro ou parceira a importância dele e da relação tanto no sexo, quanto na vida. No decorrer da troca, é possível que role uma pitadinha de ciúmes, mas que podem ser olvidados se você der a atenção necessária ao parceiro.

A troca de casais como fantasia erótica comum

A troca de casais é uma fantasia erótica comum. Se sentir vontade de experimentar essa prática, converse com seu parceiro e façam os combinados que julgarem necessários. O mais importante é preservar o respeito mútuo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.