16/02/2014 19:33

Três pessoas morrem carbonizados em batida

Carro caiu em uma galeria na Zeferino Vaz. Em outro acidente na mesma via, casal ficou ferido

Por: Agência Bom Dia

A Rodovia Zeferino Vaz (SP-332), que liga Campinas a Paulínia, registrou dois acidentes graves na manhã de ontem. No primeiro, três pessoas morreram carbonizadas após o carro cair em uma galeria na altura do km 110 e pegar fogo. O segundo aconteceu no km 116, após um veículo cair de um viaduto. 

De acordo com a Polícia Rodoviária no 1º DP (Distrito Policial) de Campinas, no primeiro acidente, o motorista de um Punto provavelmente perdeu o controle e caiu na galeria após invadir o canteiro central. O veículo começou a pegar fogo e as vítimas pediam socorro entre as chamas. Funcionários da concessionária Rota das Bandeiras tentaram controlar o fogo, que se alastrou rapidamente, consumindo todo o carro.

O pai do dono do Punto reconheceu o filho através de um relógio. Trata-se de Willian da Silva Mendes, 23 anos. A garota que morreu no acidente seria a namorada de Willian, a auxiliar administrativa Bruna Francielle de Lima, 21. O terceiro, indentificado à tarde, é Leonardo Velasco Ferreira, 28, assistente administrativo. Segundo amigos das vítimas, os três voltava de uma festa em Paulínia.
 
Casal/ No segundo caso, o helicóptero Águia fez o resgate do corretor de imóveis de Paulínia, Osmar Cecchirino, 67 anos, em estado grave, para o Hospital das Clínicas da Unicamp. Já a esposa Claudete Luiza Truffi Cecchirino, 61, sofreu ferimentos leves. O casal trafegava sentido Campinas quando, segundo testemunhas, foram fechados por um GM Gol verde, placa CVB 8328. O corretor perdeu o controle, entrou no canteiro central e voou contra a parede de um viaduto que dá acesso ao bairro Real Parque, no distrito de Barão Geraldo. O carro caiu de uma altura de cerca de sete metros.

Uma testemunha levou fotos de um veículo Gol que, segundo ela, teria atingido o carro do casal. De acordo com a mesma testemunha, o Gol estaria participando de um racha com outros cinco veículos e seria conduzido por menores.


Compartilhe: