07/03/2013 11:38

Possíveis maus tratos vão parar na delegacia

Estudante deixa cachorro por duas horas dentro do carro em estacionamento de faculdade de Bauru

Por: Carolina Bataier
carolina.bataier@bomdiabauru.com.br

Na noite desta quarta-feira, uma auxiliar de enfermagem e estudante de medicina veterinária procurou o plantão policial de Bauru para registrar boletim de ocorrência contra uma colega de curso. Tudo começou na manhã de quarta, quando a auxiliar estacionou seu veículo no estacionamento da universidade particular onde estuda, em Bauru, por volta das 7h55 desta quarta-feira, e deixou o animal no carro. Ao voltar ao veículo cerca de duas horas depois, havia um grupo de oito pessoas pelo local a acusando de maus tratos.

Uma das pessoas do grupo, que também cursa medicina veterinária, chegou a fotografar o veículo e o animal, e postar as imagens em uma rede social na internet. Por isso, a dona do cachorro resolveu procurar a polícia na noite desta quarta, acusando a colega de curso de difamação. Ela contou que apesar de ter deixado o cãozinho no carro, havia água e comida para ele, e as janelas do veículo estavam abertas. A jovem contou ainda que só deixou o animal lá pois não podia levá-lo à sala de aula e disse também que ao tentar sair com o carro o grupo chegou a bater na lataria do veículo.

O caso segue sob investigação.

Também na noite desta quarta-feira, uma dona de uma casa de rações que fica na vila Antártica procurou o plantão policial para registrar um boletim de ocorrência contra um ex-cliente. A mulher contou aos policiais que o homem tem usado um perfil falso para espalhar mensagens sobre a casa de rações nas redes sociais. Ele diz que a mulher vende veneno misturado aos alimentos para os animais.

Ainda de acordo com ela, a Vigilância Sanitária já esteve no estabelecimento e não encontrou nenhuma irregularidade.

 


 


Compartilhe: