Sistema Sinal: Serviço de recuperação de veículos da PRF

0

Neste mês de dezembro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) lançou um novo sistema para ajudar a população brasileira que tiver um veículo roubado, chamado de sistema SINAL (Sistema Nacional de Alarmes). Com ele a Polícia pretende aumentar em 50% a recuperação de veículos a partir o ano que vem.

Os números atuais foram de seis mil veículos recuperados pela polícia em todo o Brasil, número bem abaixo da quantidade de roubos que aconteceram, onde em 2016 a média era de 57 carros por hora em todo o país, um número bem alarmante.

Com o novo sistema de recuperação de veículos da PRF, o SINAL, o cidadão poderá cadastrar o veículo através do portal da Polícia Rodoviária, registrando não apenas roubos, mas também furtos, perda de sinal, veículos clonados e sequestros. O sistema vem substituir o SINARF/Alerta, que era a versão antiga da PRF para estes casos.

Ao realizar o cadastro, os policiais irão receber uma mensagem em Pop Up, da qual será encaminhada para todos os aparelhos de trabalho, desde que estejam em serviço, num raio de 100 quilômetros do local onde ocorreu o fato. Por isso é importante a rapidez e precisão das informações por parte do cidadão.

Todos os policiais que receberem a mensagem, poderão ter acesso aos dados lançados no sistema SINAL e então conferir as informações e também rejeitar a denúncia, caso os dados estejam incorretos ou seja uma declaração falsa.

Como fazer o cadastro e registro no sistema SINAL?

Para fazer o cadastro e registro no sistema SINAL, o cidadão deverá primeiramente acessar o site oficial:

Ou clicar no ícone “SINAL” no aplicativo.

Então será preciso realizar o registro, incluindo as informações do veículo Placa ou Chassi, Cor, Marca ou Modelo. Clique em “enviar” e então coloque as informações pessoais (do notificante) e faça a descrição da ocorrência (local, ação, descrição dos meliantes, do veículo, etc). Finalize o registro e pronto.

Ao finalizar o registro no portal da Polícia Rodoviária Federal ou no aplicativo da PRF, todos os dados , como já citamos, serão encaminhados aos telefones de trabalho dos agentes que estejam no raio de até 100km do local da ocorrência.

O registro no sistema SINAL substitui o BO?

A Polícia Rodoviária Federal informa que o registro no sistema SINAL não substitui a necessidade de fazer um Boletim de Ocorrência (o famoso BO), na jurisdição da Polícia Civil. O sistema visa agilizar a busca pelo veículo, principalmente em situações onde eles são levados através das rodovias estaduais e federais.

Informações falsas

É preciso lembrar que ao provocar a ação de autoridade, comunicando-lhe ocorrências fantasiosas, mentiras, etc, está no código penal, através do decreto 2848 de 7 de dezembro de 1940, sendo passivo de pena, com detenção de um a seis meses ou multa.

Site oficial, formas de contato e principais telefones da Polícia Rodoviária Federal

Para acessar o sistema SINAL você poderá entrar no Portal da PRF através do link:

E clicar no ícone no menu de SERVIÇOS.

Além do portal oficial, também é possível realizar as ações e tirar dúvidas através do número da Polícia Rodoviária Federal, no telefone:

  • 191

Você poderá também entrar em contato através da ouvidoria no endereço eletrônico:

Share.

Leave A Reply